Cultura de Aprendizagem Educação Corporativa Futuro da Educação Gestão de Pessoas Inovação

Como usar estratégias de marketing para engajar os seus colaboradores na plataforma de aprendizagem

Tempo de leitura: 8 minutos

Você já ouviu falar em Marketing de Incentivo? Esse novo método está transformando o engajamento dos colaboradores quando o assunto é aprendizagem!

Por Maria Clara Ramos

Quando falamos em marketing, é comum pensarmos em ações voltadas para o posicionamento de uma marca ou em estratégias para atrair consumidores e novos clientes, ou seja, pensamos em práticas direcionadas somente para o público externo. E quando falamos em marketing envolvendo clientes internos, o que passa pela sua cabeça? 

As transformações dos últimos anos impactaram muito a competição no mercado por talentos e agora as empresas também precisam de estratégias e benefícios para  conquistar e reter seus colaboradores. O que muitos não sabem é que uma ferramenta muito poderosa nesse caminho é o Marketing de Incentivo.

Da mesma forma que você deve tentar encantar e fidelizar clientes, você também deve se preocupar em motivar, incentivar e fascinar o seu colaborador. O Marketing de Incentivo é, na prática,  um conjunto de ações que tem como objetivo engajar os colaboradores e melhorar ainda mais seus resultados. 

E quando falamos em engajar times na plataforma de aprendizagem, isso não é diferente: o caminho de desenvolvimento pode ser facilitado e incentivado por meio de alguns processos. Estratégias para realizar uma comunicação de alto impacto, gerar conexões e alinhar motivações com a sua equipe certamente farão toda a diferença.

Para a construção desse artigo, foram retirados insights do nosso evento “Como criar conexões emocionais para engajar times”, com as ilustres convidadas Julia Sette, Especialista de Conteúdo do Telecine, e Carolina Losicer, Head de Treinamentos da Lumen. 

Plante conexão e colha engajamento

 

Estamos cada dia mais em busca de reais conexões que nos façam sentir identificação, afeto, satisfação, acolhimento e outros sentimentos mais. Em um contexto de marketing, as emoções são a força motriz por trás de grande parte das decisões de compra. Ou seja, se você quer vender, você precisa saber como criar conexão emocional com o seu público-alvo. 

Da mesma forma, quando falamos da realidade das empresas, não é justo pensarmos que a motivação dos colaboradores depende apenas de salários e benefícios ou do relacionamento rotineiro entre gestor e equipes. Para criar conexões reais com o seu time é preciso ir além, praticar a escuta  empática e estar atento às necessidades dos funcionários para conectá-las aos objetivos da empresa de forma integrada. 

Engajar x Motivar

No evento que realizamos, a nossa convidada, Carolina Losicer, apresentou uma provocação: você sabe a diferença entre motivar e engajar o seu time? 

Para a nossa convidada, o engajamento está ligado à como somos motivados por uma causa final e pelo coletivo. Ou seja, o engajamento é aquilo que nos inspira quando vemos o impacto do que fazemos. Já a motivação diz respeito a algo mais individual, ou seja, aos motivos pessoais para uma pessoa ter certas condutas. 

Mas então, se a motivação é algo intrínseco e cada um têm seus próprios “botões de motivação”, como um líder pode se conectar e engajar as pessoas do seu time na cultura de lifelong learning? Medir o nível de engajamento na plataforma de aprendizagem significa analisar o vínculo dos colaboradores com os conteúdos e com as trocas entre aprendiz-empresa-líder. 

Veja abaixo os 4 pilares da motivação e alguns exemplos práticos para aplicar na plataforma de aprendizagem da sua empresa!

Os 4 Ps da motivação

Um estudo feito pela Universidade de Harvard questionou mais de 20 mil entrevistados sobre o que os motiva e chegou a conclusão de que temos quatro grandes pilares: os 4 P’s

  • Pessoa
  • Propósito
  • Play
  • Potencial

#1 Pessoa

Antes de sermos “colaboradores” ou “funcionários” somos pessoas, e pessoas precisam de conexão emocional com seus colegas de trabalho e com suas funções. Uma forma genuína de criar conexões com a sua equipe é através da vulnerabilidade

Claro que é desafiador compartilhar a vida pessoal no ambiente de trabalho, mas é só quando isso acontece que nos sentimos parte de um grupo que sabe que, juntos, pode chegar onde quiser. É quando confiamos em nosso time que trazemos a nossa melhor versão para o jogo.

#2 Propósito

De acordo com a neurociência, uma das maiores fontes de dopamina para o ser humano é a criação de sentido. Enquanto não entendemos “porquê”, estamos no automático, mas quando nos inspiramos em “fazer parte” de algo damos nosso melhor e nos sentimos orgulhosos e relevantes. 

Para implementar uma cultura de aprendizagem e engajar os seus colaboradores no propósito do desenvolvimento contínuo, é preciso conectar as necessidades individuais e de carreira de cada pessoa do seu time com os objetivos e cultura da empresa, e além disso, reforçar a importância do seu desenvolvimento para o sucesso do negócio

Para trazer esses dois conceitos para a prática, separamos alguns exemplos de como aplicamos os Ps de Propósito e Pessoa na Witseed

Na prática: como engajar o seu time na plataforma de aprendizagem Feat. Estratégias de marketing para uma comunicação de alto impacto

#3 Play 

Aprendemos desde pequenos que o trabalho não precisa ser prazeroso, e sim trazer sucesso, mesmo que chato ou exaustivo. Ser muito bom em algo pode garantir dinheiro, mas sem o amor pelo que se faz, também é garantida a frustração. 

Mas quando combinamos saber e gostar no trabalho, algo incrível acontece: alcançamos sucesso porque gostamos tanto do que fazemos, que fazemos cada vez melhor. É a combinação de realização e felicidade.

Quando pensamos em educação, o P do play se relaciona muito no quanto e no como eu gosto do processo de me desenvolver.

#4 Potencial

Todos temos um poder dentro de nós, mas já imaginou o Homem Aranha no deserto? Onde ele lançaria a teia deles sem prédios e sem criminosos para defender uma cidade? 

Entender no que você é incrível, para quem e onde isso é importante, pode fazer alguém “se achar” – nos dois sentidos: de saber seu grande valor e também de se encontrar. Ou seja, conectando com o seu resultado! 

Na prática: como engajar o seu time na plataforma de aprendizagem Feat. Estratégias de marketing para uma comunicação de alto impacto

A carol já gravou um podcast com a gente e falou mais sobre esse esse estudos dos 4 Ps da motivação. Se você quiser se aprofundar nesse assunto, aperte o play e ouça esse episódio inspirador!

 

As estratégias por trás de um lançamento: o cinema e a educação têm muito mais em comum do que você imagina

O Buzz Marketing é uma estratégia que se concentra em captar a atenção do público-alvo e fazer com que ele fale sobre uma campanha. A arte de fazer um produto ser muito esperado e de cativar a audiência antes mesmo do lançamento é muito comum, e quando falamos de cinema não é diferente. 

Mas por que quando falamos em educação não usamos os mesmo conceitos e estratégias? 

Se teve uma coisa que pudemos aprender no nosso evento com a Julia Sette, Especialista em Conteúdo do Telecine, foi que as plataformas de aprendizagem e os streamings de filme têm muito mais em comum do que a gente pensa, e a maneira de engajar o público-alvo também pode ser muito parecida! 

  • Quantas estratégias existem por trás do lançamento de um filme?
  • Como é feito o planejamento e a curadoria dos conteúdos de uma plataforma de streaming como o Telecine?
  • Quais são os principais pontos que influenciam um telespectador a dar engajamento para um determinado conteúdo?
  • Como isso tudo se conecta com a educação?

Separamos abaixo as principais semelhanças identificadas na live e também exemplos práticos de como aplicamos esses conceitos no streaming da Witseed. 

#1 Cinelists | Trilhas de Aprendizagem

No Telecine streaming são famosas as “cinelists”, um catálogo especial que possui filmes de temas contínuos e conectados e até as famosas sagas de filme. Na plataforma da Witseed, nós temos as trilhas de aprendizagem que fazem esse papel de reunir em uma mesma lista cursos de temáticas complementares.

#2 Mais assistidos da semana | Mais acessados da sua empresa

Sem dúvida você já passou pelo “Top 10 mais assistido da semana”, da Netflix e se sentiu tentado a assistir um daqueles filmes ou séries. O Top 10 aparece na tela inicial de todo assinante, não importa quais sejam os seus gêneros preferidos, e podem cativar um telespectador seja porque é o primeiro lugar da semana ou seja porque seu ator favorito está estrelando na produção. 

É inspirado nessa funcionalidade e pensando em estimular nossos alunos que desenvolvemos o destaque dos “mais assistidos na sua empresa” na nossa plataforma. Mesmo que você nunca tenha pensado em fazer um curso de Comunicação Não Violenta, se ele estiver em primeiro lugar total da sua empresa você ao menos vai se perguntar porquê. Dessa forma, incentivamos os nossos alunos a estarem sempre se desenvolvendo de forma conectada com os demais funcionários da empresa! 

#3 Uma boa propaganda | Recomendação do líder 

Se é cinema ou se é educação, temos que pensar sempre na importância da recomendação. Uma indicação de confiança, um ator renomado, uma boa propaganda ou grandes premiações te fazem assistir a um novo filme, mas e quando falamos em educação? 

Um estudo da Deloitte mostrou que 70% do engajamento de um time depende do seu líder e o mesmo se aplica à cultura de aprendizagem. Os líderes concentram papéis importantes, como incentivar e inspirar, então certamente uma recomendação feita pela liderança pode mudar tudo.

No streaming da Witseed tem uma ferramenta muito interessante que permite que todo aluno que assistiu a um curso até o final recomende o mesmo para outro colaborador. Dessa forma, o líder pode compartilhar conteúdo e incentivar o desenvolvimento do seu time de forma intencional, veja abaixo essa função de recomendação na nossa plataforma:

Quer saber como a Educação Corporativa e a cultura de Lifelong Learning podem ser fundamentais no desenvolvimento, estratégia e resultados da sua empresa para 2022? 

SOLICITE UMA DEMONSTRAÇÃO

#4 Flexibilidade para a curadoria de conteúdo 

As principais plataformas de streaming atualizam os conteúdos em destaque, sejam eles filmes ou séries, de maneira contínua, pensando sempre em alinhá-los aos temas mais comentados da semana ou até mesmo às datas comemorativas referentes ao período. 

Na plataforma de educação isso pode acontecer da mesma maneira. Uma boa curadoria de conteúdo precisa contar com um mapeamento assertivo de tendências e desafios, e na Witseed além de uma equipe especializada nessa curadoria, nós também contamos com um Conselho de Educação, formado pelos nossos clientes. 

São líderes das principais empresas do país que apresentam os seus principais desafios do momento e participam ativamente na indicação e priorização de conteúdos. 

Realizamos encontros periódicos para ouvir suas necessidades internas  e impressões sobre o mercado,  além de proporcionar uma boa troca entre líderes de RH e aprendizagem. Veja abaixo um registro de um dos nossos encontros: 

#5 Resgate de conteúdos antes de novos lançamentos

Quando o último filme de uma trilogia famosa é lançado no cinema, automaticamente essa trilogia entra “em alta” nas tendências dos streamings de filmes. A Julia Sette, Especialista de Conteúdo do Telecine e convidada especial do nosso evento, trouxe como exemplo o filme “Velozes e Furiosos”, que lançou recentemente o 9° filme da franquia. 

Como houve uma alta publicidade diante desse lançamento, a Telecine Streaming criou uma lista especial com o histórico de todos os filmes da franquia, pensando em atualizar aqueles que ainda não haviam assistido e motivar os fãs para o lançamento futuro. 

Essa atualização de histórico antes de um novo lançamento pode também acontecer na plataforma de aprendizagem. Se o desafio do momento fosse “Conhecimentos em Power BI” e o próximo lançamento do streaming da Witseed fosse um curso sobre esse tema, certamente poderíamos criar uma lista especial que reunisse cursos desde fundamentos em Excel, ou seja, com módulos para principiantes até cursos mais aprofundados

Essa iniciativa, não só incentiva alguns alunos a aprenderem esse novo conteúdo, como também motiva a aprendizagem ou a revisão dos módulos anteriores! 

#6 O poder dos dados

Nenhuma estratégia pode ser consolidada sem antes ser confrontada com análise de dados. Em vez de tomar decisões baseadas em opiniões e intuições, as empresas precisam analisar dados de desempenho para ter mais precisão e segurança nas estratégias. 

Isso acontece no marketing, no cinema e também na educação. No Streaming da Witseed utilizamos dados com três principais funcionalidades:

1- Dashboards para que os líderes possam mensurar resultados e acompanhar como seu time está acessando a plataforma.

2 – Analytics para que a nossa equipe possa entender a preferência dos alunos por tema, duração, linguagem entre outras informações que nos ajudam a produzir cursos cada vez melhores e mais atrativos. 

3- Inteligência Artificial para recomendar conteúdos aos colaboradores de forma personalizada. Para isso, a  Witseed conta com o Witson, nosso robô que interage com os usuários, descobrindo seus interesses, desafios, planos e preferências. O Witson faz muito sucesso entre os nossos alunos e é um verdadeiro aliado do engajamento na nossa plataforma. 

Faça o aprendizado ser atraente

 

No Marketing, o segredo para ter sucesso nas iniciativas e campanhas é gerar o sentimento de uma troca que vai além de um simples consumo. É, portanto, a conexão emocional quem encoraja e cria vínculos importantes à medida que o usuário se envolve com uma marca.

Utilizar alguns dos seus conceitos para aproximar o colaborador do seu caminho de desenvolvimento certamente será muito positivo. Há muito o que explorar quando falamos de engajamento, não tenha medo de testar!

Que tal agendar uma conversa para saber como as nossas soluções podem transformar o engajamento do seu time em treinamento e desenvolvimento?

SOLICITE UMA DEMONSTRAÇÃO

%d blogueiros gostam disto: